A Via Verde dos imigrantes

Imagem

Dada a evidente fuga de malta jovem e qualificada para países onde o seu valor possa ser marginalmente reconhecido, resta às autoridades espelhar o jogo dos Países do Norte ™ e procurar aliciar a imigração de pessoal qualificado para Portugal. A verificar-se esta medida – o que não me surpreenderia, já que é coerente com a natureza ideológica dos dirigentes portugueses – poderemos no futuro congratularmo-nos por sermos a 2ª Liga do fluxo migratório europeu. Não é bem o V Império… mas está lá perto!

Aponto a pertinência da metáfora empregue por Pedro Lomba: o objetivo é permitir, entre outras coisas, uma via verde para obtenção de vistos – evidentemente, apontada aos sempre pertinentes “empreendedores”, os imigrantes que assinam o quadro de requisitos à entrada em Portugal. Os 121 mil portugueses que saíram do país em 2012 bem sabem o quão criterioso o país é com os seus residentes. Portugal como “portagem” (devidamente concedida a uma PPP, aposto) é a imagem de um país-crivo que exporta trabalhadores qualificados e reprime pela exclusão as camadas desapoderadas – prevejo um futuro glorioso, quando bastará um chip na testa para passar no (aero)pórtico, a grandiosa mobilidade empreendedora finalmente atingida.

E quem não tem chip, que se amanhe.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s