Uma questão de classe (II)

Custos com PPP duplicam para 1645 milhões em 2014

 

Quando é para romper contratos estabelecidos entre o trabalhador e o Estado, os quais garantiam ao primeiro que as suas deduções salariais para a Segurança Social permitiriam ao segundo devolver-lhe essa parte do seu salário em serviços como uma reforma digna, o Governo está-se nas tintas para o valor que estes contratos sociais possam ter. Já quando se trata de estancar o sorvedouro de recursos públicos das PPP´s, os parâmetros contratuais são elevados ao estatuto de lei divina. É o que se chama ter dois pesos e duas medidas.

DINHEIRO-01

One thought on “Uma questão de classe (II)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s