Todos na rua até o tirano cair!

Passos Coelho falou como se ainda representasse alguém que não os parasitas que se refastelam com os lucros da dívida. Falou como se ainda tivesse uma base social sólida, mesmo que o solo lhe trema debaixo dos pés. A ruptura de Portas reflecte que um sector crescente da classe dominante vê que não existem condições para Passos continuar a governar. Estes querem a queda do governo para acalmar a procela e passar o testemunho a Seguro. Nós queremos a queda deste governo para alçar um governo dos trabalhadores, que ponha os capitalistas a pagar a crise que eles criaram.

Passos diz que “não abandona o país”. Ignora, ou finge ignorar, que a esmagadora maioria do país já o abandonou. Passos fala em serenidade ao passo que a sua imagem é a de um rato atarantado. Se Passos não sai a bem, tem de sair a mal.

Aqueles milhares de pessoas que se vão reunir daqui a meia hora do Marquês, em Lisboa, devem dirigir-se a S. Bento exigir a demissão deste governo!

Que se convoquem manifestações em cada cidade pelo derrube deste governo!

A CGTP deve convocar imediatamente uma nova Greve Geral, caso Passos persevere!

Sem a queda deste governo e a expulsão da Troika, não há alternativa senão a miséria!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s