143 anos do nascimento de Lenine

Quando a maioria das direcções políticas auto-proclamadas como “leninistas” ou se aproximam a Kautsky, o renegado, ou permanecem presas a Estaline, o autocrata, é mais urgente que nunca reabilitar a memória, a prática e a memória da prática de Lenine. O que faz falta são um, dois, três, ou quatro Lenines, que metamorfoseiem o verbo marxista em acção revolucionária e enviem a democracia burguesa e o sistema capitalista para a sucata da história, onde já deviam estar há muito tempo.

lenin_fist-2555px

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s