Os “notáveis de esquerda”

Dizem-nos que 60 “notáveis” de esquerda apelam à ruptura no sistema político. E quem são estes indignados? Antigos deputados do PS, antigos ministros e actuais eurodeputados. Oh, e como estão indignados com essa “classe que governa o país sem grandeza, sem ética e sem sentido de Estado, dificultando a participação democrática dos cidadãos e impedindo que o sistema político permita o aparecimento de verdadeiras alternativas”!

Como se estes crocodilos lacrimejantes não pertencessem precisamente à mesma casta que supostamente criticam! Como se não fossem altos-responsáveis de partidos que não apenas fomentam o sequestro da democracia por essa casta, mas também defendem programaticamente a perpetuação das condições sócio-económicas que alimentam as desigualdades sociais, os privilégios das elites e a marginalização da maioria da população dos processos de decisão, ao nível económico e político!

Sempre considerei que esta moda dos “manifestos cidadãos” é gato-escondido-com-o-rabo-de-fora, sendo cada vez mais evidente que os seus principais dinamizadores, geralmente fazendo uso de uma retórica anti-partidária, não passam de burocratas que foram afastados da direcções partidárias pelas vicissitudes do momento. Comadres arreliadas, portanto.

Todas as reformas no sentido da uma maior democratização são bem vindas, mas duvido que sejam estes sectores sociais a avançá-las. Além disso, só poderá haver uma democracia política efectiva quando deixar de haver exploradores e explorados no campo económico. Quando for o poder popular a dominar o Estado e não o capital financeiro. Quando for a política a decidir e não o mercado. Até lá, todos os gemidos desta “aristocracia indignada” caem em saco-roto.

Até porque há, e sempre houve, esquerdistas que propõem uma ruptura com o regime político e económico, embora porventura não sejam tão “notáveis” aos olhos da classe dominante e dos seus media.

Chamam-se socialistas revolucionários.

One thought on “Os “notáveis de esquerda”

  1. Pingback: Jorge Coelho volta à política | Sentidos Distintos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s