O direito à escolha

Há uns poucos anos atrás, participei activamente na campanha pela legalização da IVG, convencido que estava a combater a hipocrisia e a defender o direito das mulheres à escolha, à soberania sobre o seu corpo em matérias que concernem exclusivamente às próprias e aos que lhe estão mais próximos. Torna-se agora evidente que o direito à escolha possui um carácter bidirecional. Isto é, quando instituições públicas pressionam mulheres grávidas a abortar ou a laquear as trompas, não deixa de ser deveras irónico ver-me convergir com organizações que, aquando do debate da legalização da IVG, me viam como algo não muito distante de um assassino. Pois seja, neste momento, estamos no mesmo lado a defender o direito das jovens mulheres a terem e criarem os seus filhos. Um perfeito reflexo da complexidade e da paradoxalidade da intervenção política. Esta nunca é a preto e branco, nunca se divide simplesmente em “esquerda” e “direita”, “pró-isto” e “contra-aquilo”.

Na raiz das supra-mencionadas pressões e das intervenções da Segurança Social, ao retirar a custódia de crianças às suas mães biológicas, encontram-se os seguintes denominadores comuns: o desemprego, a ignorância e a pobreza, fenómenos quase invariavelmente interdependentes. Duzentos anos de história da civilização capitalista – e ressalve-se que deveria ter encimado a palavra “civilização” com um par de aspas – deviam ter-nos ensinado que esta não resolve estes problemas, bem pelo contrário, agudiza-os e generaliza-os à escala planetária. Encontramo-nos numa fase em que a técnica nunca foi tão avançada, tendo nós as condições materiais suficientes para melhorar e estabilizar a nossa existência. Ainda assim, a técnica, em vez de contribuir para o bem-estar dos povos, contribui para a sua pauperização e desagregação. Assim continuará a ser até alterarmos este paradigma social.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s