Before the Music Dies

Numa altura em que música está disponível como nunca antes, vale a pena ver este documentário sobre a indústria discográfica norte-americana e a forma como esta uniformiza os gostos musicais através do uso de fórmulas lucrativas. As rádios generalistas também contribuem para este fenómeno na medida em que são pressionadas financeiramente para promover o género pop. Hoje pode dizer-se que efectivamente “video kill the radio star” como preconizou a primeira transmissão da MTV no início dos anos 80. Actualmente, são os tele discos, as imagens que promovem a música. O DJ deixou de ter importância na transmissão de novas tendências e usa-se e abusa-se de playlists monótonas. Géneros diferentes e, sobretudo, línguas além do português e inglês estão fora de questão. Volta e meia surge um êxito em espanhol e nada mais. Outra línguas e culturas que também poderiam ser promovidas são esquecidas, postas de parte.

Felizmente, graças à internet, podemos ter acesso a uma miríade de novos sons. Os próprios músicos podem ter acesso a tecnologia a preços mais acessíveis para criar e desenvolver o seu trabalho sem depender de uma indústria gerida nas bolsas de valores cujo objectivo é exclusivamente lucrar. Haverá maior facilidade na divulgação através dos blogues, redes sociais e afins. Resta-nos explorar estas potencialidades o melhor possível.

Aqui fica a sugestão:

https://www.youtube.com/watch?v=gfpMZfPOBXk

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s