Em que mundo vive o Wolfgang?

Definitivamente, o senhor Wolfang Schäuble, ministro das finanças alemão e, por consequência, um dos senhores da Europa, não vive no mesmo mundo que nós. O exemplo português só pode ser “brilhante” na medida em que as chamas da política de terra queimada iluminam as janelas do Reichstag e animam as contas dos usurários alemães.

“Apesar das grandes dificuldades que o país atravessa, quem olhar para os números reais, percebe que Portugal está a levar a cabo um trabalho extraordinário”, assevera Wolfgang. Pessoalmente, gostava de saber quais os “números reais” a que se refere.

Estes?

Ou, porventura, estoutros?

Cá para mim, cheira-me que o senhor Wolfgang ou é muito burrinho, muito ingénuo ou então é um trapaceiro que nos quer atirar areia para os olhos.

Aqui fica um contributo musical de um outro Wolfgang, expoente da cultura europeia, cuja grandeza contrasta com a pequenez do primeiro. Um Requiem a uma Europa capitalista, inculta, tecnocrata e utilitária.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s