Cenas de um quotidiano de ocupação II

Mais cenas de um quotidiano de ocupação. Repare-se como os soldados do “democrático” Estado Sionista protegem um bando de colonos terroristas que gratuita e cobardemente atacam os habitantes de uma localidade palestiniana contígua ao seu colonato. Corajosos palestinianos retaliam com pedras às traiçoeiras investidas de israelitas armados com metralhadoras. Uma situação denunciada pela B’tselem e que, surpreendentemente, chegou aos media mainstream portugueses, que parecem ter vacilado na sua orientação tendencialmente pró-sionista*.

 

 

As coisas tornam-se menos difusas quando o lobo despe a pele de cordeiro, não é verdade?

* Ou então não. Constato que o Público não tem a coerência de catalogar os colonos israelitas como “terroristas”, como indubitavelmente faria se o ataque fosse perpetrado por muçulmanos. Não será, decerto, por os primeiros serem imberbes, posto que os judeus ortodoxos não ficam atrás de nenhum jihadista no que toca a pilosidade facial.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s