Manifesto de uma mulher qualquer

A 6 de Março uma acção de sensibilização do Movimento Sem Emprego foi criminalizada. Foi dito a propósito que “duas pessoas fazem uma manifestação” e repetido o chavão de que uma manifestação sem aviso prévio é “ilegal”. Fundamentaram-se num Decreto-Lei que é anticonstitucional – tanto quanto sei a constituição vale mais – e intimaram uma “manifestante” a comparecer em tribunal por crime de desobediência. Aqui está o seu testemunho.

Não é a primeira tentativa de silenciação do protesto por parte deste e de outros governos. Mas é um sinal claro de que os poderes não vêem a meios, incluindo a subversão da própria lei, para levar a sua avante. Uma reacção deste tipo tem a configuração autoritária e totalitária de um Estado fascista. Não podemos deixar que passe impune.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s