Europa, século XXI.

Um evento algo semelhante a este despoletou uma revolução na Tunísia. Eles que se acautelem, pois as armas podem começar a virar-se para onde o devem ser. Quando pensamos que não temos nada mais a perder, apercebemo-nos que temos tudo a ganhar.

Edit: Acrescento a tradução da nota de suicídio do septuagenário grego, que escusa quaisquer comentários.

“O Governo de ocupação tsolacoglou (nome dado ao governo imposto pelos Nazis durante a ocupação da Grécia) diminuiu a zero a minha capacidade de sobrevivência que consistia numa digna pensão que por 35 anos paguei sozinho, sem ajuda do estado.

Dado que a minha idade não me permite reagir de uma maneira dinâmica (sem excluir que se outro grego pegasse na Kalashnikov eu seria o segundo) não encontro outra solução para além de uma morte digna antes de começar a vasculhar no lixo para comer.

Creio que os jovens sem futuro um dia pegarão em armas e na Praça Syntagma virarão do avesso os traidores nacionais, como fizeram em 1945 os italianos a Mussolini.”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s