Meanwhile, na caverna da extrema-direita…

Geralmente, tento não investir demasiada relevância em algo que é simplesmente irrelevante. Mas, visto que hoje estamos numa de humor, achei que devia partilhar esta pérola. Trata-se do comunicado “oficial” de um auto-proclamado “Movimento de Oposição Nacional”, que, segundo parece, se dedica a uma “Guerra Sagrada por Portugal”, seja lá o que isso for.

Além do megalómano fetiche pelas maiúsculas, parece que foram estes lunáticos de cabelo rapado que marcaram presença na Marcha da Indignação de há uns dias. Curiosa a sua interpretação dos acontecimentos.

Além da expectável vitimização (“coitadinhos de nós, que somos gente tão pacífica, maliciosamente agredida pelos “anarquistas” e “bloquistas”!), o MON conclui que, após o afastamento da sua dúzia de “guerreiros sagrados”, a Marcha se tornou “insignificante” e “inútil”. Claro que, a verificar-se a presença da mão cheia de militantes nazionalistas em frente à Assembleia da República, a manifestação iria apresentar, desde logo, uma significância completamente diferente, ou não? Pois claro, os milhares de manifestantes anti-austeridade concentrados à porta da AR  não teriam outra escolha senão reduzir-se à sua “insignificância”, face aos virtuosos “cruzados” do MON! Aliás, de insignificância política percebem estes grupelhos para-criminosos de fachos dissimulados, não é verdade?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s