É impressão minha, ou já somos (des)governados por um executivo demissionário?

Primeiro, Alexandre Mestre. Depois, Miguel Relvas e o próprio Passos Coelho. Agora, Paulo Rangel também admite que o governo não tem política para o emprego. O último a sair que apague a luz, faxâbor!

3 thoughts on “É impressão minha, ou já somos (des)governados por um executivo demissionário?

  1. Caro Tiago, não consigo perceber de que forma isto se relaciona com o conteúdo do post. A não ser que, porventura, o estado desesperante do nosso país o faça ponderar emigrar para a Coréia do Norte. Pessoalmente, aconselho-o a informar-se primeiro sobre outras paragens.

  2. Pingback: Notas e notícias da semana | Sentidos Distintos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s