94 anos da Declaração Balfour

Precisamente há 94 anos, no dia 2 de Novembro de 1917, enquanto as antagónicas potências mundiais dilaceravam o planeta numa espiral de violência, Lord Arthur James Balfour assinava um nefasto documento, cujas consequências se iriam arrastar durante todo o século que ainda agora havia principiado. Através da chamada Declaração Balfour, o governo britânico anunciava que envidaria todos os esforços para a criação de um estado judaico na Palestina, caso obtivesse uma vitória sobre o Império Otomano. Partindo de uma lógica profundamente anti-semita, que via a mão invisível do judeu por toda a parte (aliás, o próprio Balfour, em 1905, apontava o dedo à imigração judaica como um perigo às terras de Sua Majestade), o governo britânico tentava captar o apoio dos judeus americanos e, principalmente, dos judeus russos, cujas posições políticas se aproximavam das organizações revolucionárias que propunham o abandono da guerra, tal como os bolcheviques.

No entanto, o escopo que movia a caneta de Balfour é o mesmo que move as potências ocidentais dos dias de hoje, ao desculpabilizarem os crimes do apartheid sionista e ao apoiarem as suas pretensões, declarada ou sub-repticiamente: o objectivo de dominar militarmente uma zona estratégica para o Ocidente. Ainda assim, a Declaração Balfour seria um tímido passo em direcção ao estabelecimento de um enclave sionista no Médio Oriente. À época, o sionismo era uma doutrina marginal nos meios políticos judaicos e ver-se-ia relegado para essa condição por mais alguns anos. Para vingar, o sionismo, movimento germinado entre os racismos etno-nacionalistas do século XIX, necessitará de uma mãozinha, já nos anos 30, do seu parente ideológico nazi-fascista.

Entretanto, perfila-se no horizonte mais uma agressão sobre Gaza e é evidente que a resistência palestiniana necessita de todo o nosso apoio, quer ela assuma uma forma pacífica ou violenta. Que a Primavera Árabe chegue à Palestina e que seja coroada por uma vitoriosa Intifada!  

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s