Concordo consigo, Passos Coelho

É que realmente só há mais de 50 anos atrás se pôs em prática uma austeridade tão severa como a que o PSD propõe.

Às vezes, foge-lhes a boca para a verdade. É que, fazendo as contas: 2011, 2001, 1991, 1981, 1971… 1961. O Estado Novo é a medida de comparação deste “governo”. E o camarada Coelho não resiste em chamar-lhe “História”, evocando uma qualquer conquista gloriosa como se travássemos uma cruzada implacável:

Passos Coelho acha que Portugal está a passar “pela maior prova que, em democracia um país ter realizado”. Aquilo que se exige a cada um dos portugueses, disse, “não é apenas paciência e espírito de sacrifício, é também que consiga, no seu dia-a dia, a noção de que o que estamos a fazer ficará na historia da Europa, e na história da democracia”.

Ainda nos dizem para ficarmos orgulhosos! Se não fosse tão trágico eu até me ria.

2 thoughts on “Concordo consigo, Passos Coelho

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s