Hoje nasceu o “Privado Mais”

“Estas seis empresas – EDP, Galp, Mota-Engil, Banco Santander Totta, REN e Vodafone – mostram deste modo o seu perfil filantrópico e acreditam, como nós, na importância do jornalismo de qualidade. E uma última coisa: revelam ser empresas de grande maturidade. Porquê? Porque aceitaram o princípio da total independência, aceitaram que não vão discutir nem saber com antecedência como o PÚBLICO vai usar os recursos deste novo fundo, aceitaram receber prestação das contas – onde fomos, fazer que trabalhos e gastando exactamente quanto – apenas no fim de cada ano.”

É assim, que em parte o Público justifica este produto, a que resolveram chamar Público Mais, vá-se lá saber porquê. Podem-se ficar pela justificação de terem MAIS FINANCIAMENTO, mas jornalismo, sequer? Podem-lhe chamar MARKETING, mas não lhe chamem Jornalismo.

Jornalismo é algo que acontece com mais frequência fora dos “grandes jornais”. Acontece-me, muitas vezes, ir confirmar “grandes notícias” em blogues, noutras plataformas que não os jornais “oficiais”. Porque o Jornalismo não passa por aí, não o deixam passar.

Por isso, caro “Público”:

1) É melhor mudares de nome, de “público” tens pouco;

2) Parabenizo-te pela poderosa máquina de marketing que és,

só não sei é se vai resultar com o comum dos mortais.

Que grande bosta.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s