A Ministra da Saúde acha que os portugueses vão a consultas demais

Das duas, uma: ou quer colocar um limite máximo de consultas médicas por mês ou está a abrir o caminho a medidas de aumento de cobrança e/ou privatização de serviços.

De qualquer das formas, uma Ministra da Saúde que se preocupa com consultas a mais por uma questão de “consumismo da saúde” (cito) é claramente alguém que observa a saúde como se de uma comodidade se tratasse, qualquer coisa de quantificável. Ao mesmo tempo, coloca ênfase “nos portugueses” (cito) e “nos utentes” (cito), reforçando o cariz moralistazinho a que este desgoverno já nos habituou.

Portanto, estendendo este raciocínio, só deve consultar um médico quem está verdadeiramente mal. Ou, acrescentaria eu, quem tem dinheiro para ir à clínica privada. Que isto da saúde não é para todos.

One thought on “A Ministra da Saúde acha que os portugueses vão a consultas demais

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s