>Futurologia

>Com que então, moção de censura?

Eu compreendo que ninguém pudesse ficar à espera que o PCP se mexesse. Mas… moção de censura? Contra o governo… agora? Mas isto é castigo por o Alegre ter perdido?

Tenho reparado num fenómeno: há muito pardal no BE convencido que este país é só malta de esquerda. Aliás, a chuva de parvoíces e insultos em torno dos abstencionistas e dos que votam em branco recente não foge muito ao argumento: a culpa é de quem não participa! Se não participas, claro que a direita vai continuar lá!

Cá para mim o BE está desfasado da realidade. Derrubar o governo? Agora? Está certo que o PS não é muito diferente do PSD hoje em dia, mas daí a dar maiorias absolutas ao último de bandeja… (sim, caros: era isso que ia acontecer. a culpa não ia ser dos votos em branco. não ia ser dos revolucionários de sofá. metam na cabeça que dois terços da massa votante não vai na cantiga dos partidos de esquerda.)

O que nos vale é que nem o PSD alinha nisto. Incrível, não é?

4 thoughts on “>Futurologia

  1. >O problema é que o objectivo desta moção é precisamente salvar a face do BE, ou pelo menos, tentá-lo, sem derrubar o governo. Se o objectivo real fosse derrubar o Sócrates, até seria bom, mesmo que o eleitorado castigasse o PS, votando o PSD, só iriam mudar as moscas. O problema é que esta moção tresanda a tacticismo obscuro, e o governo continuará no poleiro.

  2. >Pois, mas… salvar de quê? Parece-me que querem recuperar o apoio de uma comunidade imaginária de apoiantes – não os têm! Não há gente que acredite na esquerda! Lembra-te que para pôr as gentes a votar no PS foi preciso a) um PM abandonar o cargo e b) substituí-lo por outro absolutamente incompetente! Mas esta bolha não aguenta muito tempo – como aliás se viu nas eleições.Digo isto simpatizando com muita gente que neste momento está no bloco: esse partido não convence.Não sei como virar o povo à esquerda. Mas, pior, parece-me que quem devia saber também não sabe.

  3. >A meu ver, a dicotomia esquerda-direita não é marcante. Não sei se a maioria dos portugueses são de esquerda, mas sei que querem defender os seus direitos contra a austeridade selectiva. Acho que a esquerda devia ir por aí. O BE perdeu muito da boa imagem que tinha perante um sem número de simpatizantes e aderentes. Não te esqueças que num partido basicamente reduzido à actividade parlamentar e aos media, isto comporta alguma gravidade. Se a falta de alternativa política não fosse tão triste, até me ria…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s